Economia e mercado de imóveis em Natal para 2015: o que esperar?

O mercado de imóveis em Natal está aquecido: os consumidores querem comprar e tem crédito para isso, contudo um dos motivos que os levam a desistir ou evitar uma compra ainda este ano é a incógnita que é 2015.

Vista-de-Natal-WR-1024x680

 

Esse receio é totalmente justificado quando olhamos para os números da nossa economia: estagnação do crescimento, índice de desemprego voltando a subir, inflação estourando o teto meta, juros altos, ausência de investimento em infraestrutura, estradas, ferrovias, portos; burocratização e alta carga tributária faz com que o consumidor e as empreiteiras pensem duas vezes antes de tomar uma decisão: o consumidor não sabe se ainda estará empregado, se os juros irão abaixar ou aumentar (o que afetaria diretamente o mercado imobiliário, pois é um , senão o maior, consumidor de crédito bancário), se a inflação continuará a subir… ou seja: fatores que irão influir diretamente no poder de compra do dinheiro do brasileiro.

Sem uma mudança na atual política econômica teremos a continuidade dos baixos índices de crescimento, o aumento da inflação e aumento do desemprego. Sem os investimentos que não estão sendo feitos atualmente nosso país continuará a cair no ranking de confiabilidade para investimentos, continuaremos com infraestrutura longe do ideal para o sólido desenvolvimento das nossas empresas, o que fará com que os custos dos empreendimentos aumentem, e não só: com a tendência do aumento das taxas e a burocratização, todos os custos serão repassados para o consumidor final, o que elevará ainda mais o preço dos imóveis em Natal e no resto do Brasil.

Em resumo: teremos um cenário de aumento de preços dos imóveis em Natal e em todo o Brasil em virtude da ausência de infraestrutura adequada, aumento da inflação, aumento dos impostos, ao mesmo tempo que teremos taxas de juros mais altas o que dificultará o acesso ao crédito. Ou seja, com a continuidade da atual política econômica, na melhor das hipóteses viveremos uma crise econômica generalizada.

O momento ideal para se comprar imóveis? Agora!

Clique e aqui e assista ao meu webinar de como comprar imóveis em com segurança