O mercado de aluguel de imóveis em Natal será um desastre…

… para os locatários.

Com a confirmação da renovação da atual condução do país todas as minhas previsões são mantidas. Tanto sobre o que esperar para a economia e para o mercado imobiliário em 2015, como sobre a alta ou queda dos preços dos imóveis, os dois artigos podem ser lidos aqui e aqui, respectivamente.

Contudo há um outro fator que deve ser levado em conta no mercado imobiliário: os aluguéis.

Aluguel de imóvel em natal

Diferente dos artigos anteriores irei primeiramente dizer o que vai acontecer: os preços dos aluguéis irão subir. Agora vou explicar o motivo.

Nos artigos mencionados nesta postagem explico que os preços dos imóveis irão subir nos próximos trimestres em virtude da alta da inflação, dos juros e dos impostos, e  a queda nos investimentos e dos estoques das construtoras. Mas não mencionei que a alta dos juros e da inflação significa também que o consumidor perderá poder de compra, seu dinheiro perderá valor, e o que ele comprava em 2013 não comprará mais em 2015. Naturalmente quando não se pode comprar imóveis aluga-se. Assim teremos uma migração dos consumidores compradores de imóveis para o mercado de locações residenciais, ou seja, a demanda por aluguel de imóveis em Natal aumentará, o que fará com que os preços dos aluguéis aumentem. Mas ainda há o fator IGP-M. Que é o índice que reajusta os aluguéis de imóveis em Natal e em todo o país, e mantida alta dos últimos 4 anos quando nossa inflação não tinha ultrapassado o teto da meta, teremos um reajuste de no mínimo de 25%. Contudo como o cenário a se esperar é muito pior do que os últimos que passamos, então a alta dos aluguéis de imóveis em Natal poderá ser maior do que essa que presenciamos.

Quem ganha com isso? Quem tem imóveis para locação. Quem perde? Quem terá que alugá-los.

A solução? Clique aqui e veja como comprar imóveis!