Morar em flat vale à pena?

Vai sair da casa dos seus pais ou mudar de cidade por conta do trabalho? Nesse momento, você pode estar se questionando se vale mais à pena alugar um apartamento ou ir para um flat. De qualquer maneira, isso depende muito do tempo em que você vai ficar fora e do custo-benefício.

O jornalista Raphael di Cunto, 25 anos, morou em um flat por seis meses, quando se mudou de São Paulo para Brasília por causa do trabalho. Segundo ele, as vantagens foram não precisar procurar um apartamento para alugar tão rápido, quando ainda não conhecia a cidade, ficar perto do seu local de trabalho, ter TV a cabo, internet e faxineira todo dia, além de academia e piscina, mas que ele usou bem pouco.

“As desvantagens foram a impessoalidade do lugar, pois, embora fosse confortável e arrumado, não era minha casa. Também senti a falta de um fogão e uma geladeira, pois tinha apenas frigobar”, conta Raphael. Ele reclama que era muito caro lavar roupa e pedir comida no flat, por isso não usava muito esses serviços. “Eu levava minhas roupas para lavar na casa da minha mãe, em São Paulo”, diz.

Depois de seis meses, ele teve de arrumar um apartamento para alugar, o que não foi necessariamente melhor para ele. “O flat era mais caro, cerca de R$ 3.000 por mês, três vezes o que pago de aluguel, mas como era bancado pela empresa, para mim era mais interessante que minha situação atual”, afirma.

Fazendo contas – Antes de tomar a decisão, o melhor mesmo é fazer contas e analisar as variáveis. Para se ter ideia, no Flat Paulista, na região da Avenida Paulista, em São Paulo, a diária de uma suíte ouro para uma pessoa com café da manhã e taxas sai por R$ 327. Com 50 metros quadrados de área útil, a suíte possui closet, sala ampla, quarto, cozinha e banheiro e está equipada com TV LCD 26″ com TV a cabo, internet banda larga com wi-fi, cofre digital, secador de cabelo, fechadura eletrônica, frigobar e cozinha equipada. A lavanderia é terceirizada.

Para alugar um apartamento de 50 metros quadrados na mesma região, no edifício Hit Paulista, mobiliado e com dois dormitórios, o valor é de R$ 3.500, mais R$ 679 de condomínio e R$ 122 de IPTU por mês.

O imóvel conta com varanda, living com dois ambientes, com televisão, sofá, mesa e quatro cadeiras. A cozinha tem armários planejados, geladeira, coifa, fogão e micro-ondas. A suíte tem terraço e os dois dormitórios têm armários planejados, cama e colchão. Os banheiros vêm com box, espelho e chuveiro. Há lavanderia, aquecimento central digital e uma vaga de garagem. A área de lazer tem piscina com solarium na cobertura, sauna, spa com hidromassagem, fitness center, salão de festas com espaço gourmet e churrasqueira.

Já um flat no Morumbi, o The Hill Residence, tem mensalidade no valor de R$ 4.305 ou diária de R$ 410 mais taxa de 10%. A unidade de dois dormitórios com 77 metros quadrados tem sala equipada com telefone e TV LCD de 32 polegadas com programação a cabo. A suíte tem ar-condicionado tipo split quente e frio, closet e banheiro privativo e pode ter uma cama de casal ou duas de solteiro. Há outro quarto individual com uma cama de solteiro e armários. Há também mais um banheiro e uma cozinha equipada com geladeira de 230 litros, fogão de quatro bocas com forno e tanque. Para o lazer há piscina e academia.

O flat tem opção de lavanderia e o preço depende da peça de roupa e tecido, mas a lavagem de uma calça jeans normal, por exemplo, custa R$ 9,28.

No mesmo bairro é possível encontrar um apartamento de 89 metros quadrados e três dormitórios (uma suíte) para alugar por R$ 2.500, mais condomínio de R$ 760 e R$ 180 de IPTU por mês. O edifício conta com academia, sauna, piscinas, salão de festas, churrasqueira, espaço gourmet, salão de jogos e espaço criança.

Fonte: http://revista.zap.com.br/imoveis/morar-em-flat-vale-a-pena/