Imóvel com umidade? Arquiteto dá dicas para evitar o problema

A umidade geralmente está presente em locais próximos ao mar, rios ou em regiões com climas particulares, que pode gerar mofo e assim estragar roupas e outros objetos. É possível dirimir este problema?  O arquiteto Thiago Mondini dá dicas que podem evitar ou amenizar os efeitos da umidade.

 

- Revestimentos para áreas com umidade / impermeabilizações.É preciso tratar a entrada da umidade, seja através da remoção do reboco existente e aplicação de mantas de impermeabilização ou mesmo através de produtos hidrofugantes, cada um com forma de aplicação específica. Também é importante pensar no acabamento final que será dado sobre a superfície (pedra, porcelanato, cerâmica, etc), pois produtos porosos estarão sempre mais sujeitos à umidade na sua superfície.

- Pintura para áreas com vapor quente, para áreas com respingo de água. As pinturas em áreas com vapor devem ser do tipo epóxi, que oferece resistência à água. Já em áreas com respingos, como cozinhas e áreas de serviço, basta o uso de tinta semibrilho ou toque de seda.

- Móveis encostados em paredes úmidas, como fazer. Quando uma parede tiver umidade que não se consegue tratar completamente e for necessário encostar um móvel, é possível utilizar uma manta entre o móvel e a parede, evitando, desta maneira, que a umidade desta se transfira para a estrutura do móvel, que geralmente é em MDF e absorve bastante água.

http://www.redimob.com.br/post/dade33b4-cab0-4e5a-8d5f-652a978598f5/imovel-com-umidade-arquiteto-da-dicas-para-evitar-o-problema